VOOS ONLINE
VOOS ONLINE
GUIA DO PASSAGEIRO
GUIA DO PASSAGEIRO
SITUAÇÃO DOS VOOS
SITUAÇÃO DOS VOOS

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
CARGA AÉREA ONLINE
CARGA AÉREA ONLINE
LICITAÇÕES
LICITAÇÕES
CONCURSOS INFRAERO
CONCURSOS INFRAERO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
LINKS
LINKS

TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
PORTAL FINANCEIRO
PORTAL FINANCEIRO
Aeroporto Internacional de Boa Vista - Atlas Brasil Cantanhede

BoaVista

A antiga Vila de Boa Vista foi feita município no dia 09 de julho de 1890 pelo Decreto-Lei nº 049, assinado pelo Governador do Amazonas o coronel Augusto Ximeno de Villeroy. A vila era parte do antigo município amazonense de Moura até a criação do território Federal do Rio Branco, em plena Segunda Guerra mundial, através do Decreto-Lei nº 5.812 de 13 de setembro de 1943.

Em 1962 o então Território Federal do Rio Branco passou a se chamar Território Federal de Roraima. A Constituição de 1988 transformou o território no 27º estado da Federação. Único estado brasileiro localizado no hemisfério norte, Roraima abriga as grandes reservas indígenas Yanomami e Macuxi. Até os anos sessenta, a região encontrava-se praticamente isolada do restante do País, pela inexistência de ligação rodoviária e dependência do transporte fluvial.

O tráfego aéreo se restringia a atuação de raros pilotos civis que tentavam facilitar o acesso entre localidades distantes. O piloto roraimense Atlas Brasil Cantanhede foi pioneiro na prestação desse serviço à população local chegando a abrir áreas de pouso com as próprias mãos e ajuda de moradores locais. Em 1966 Cantanhede foi eleito deputado federal pelo território, mas foi caçado em 1968 pelo AI 5, falecendo em um desastre aéreo cinco anos depois.

Por sua inestimável contribuição para a aviação regional, Atlas Brasil Cantanhede foi homenageado ao dar nome ao Aeroporto Internacional de Boa Vista, por força da Lei 11.920/2009 de 13/04/2009, assinada pela Presidência da República.

Construído pela COMARA (Comissão de Aeroportos da Região Amazônica – Organização militar do Comando da Aeronáutica) no antigo hangar pertencente a Cantanhede o Aeroporto Internacional de Boa Vista foi inaugurado em 19 de fevereiro de 1973. A partir de janeiro de 1974 o aeroporto passou ser administrado pela Infraero que logo tratou de planejar sua expansão. Em 1988 a Infraero ampliou o terminal de passageiros, a pista de pouso e decolagens e o pátio de estacionamento de aeronaves além de construir uma pista de rolamento aumentando a capacidade operacional do aeroporto. Mais tarde, em 2009, a Infraero inaugurou praticamente um novo terminal de passageiros com uma moderna estrutura metálica de sustentação da cobertura externa. Ampliou ainda o saguão, a praça da alimentação e as áreas de embarque e desembarque aumentando o número de posições de chek-in. O aeroporto ganhou duas novas pontes de embarque (finger's), quatro escadas rolantes, um elevador para pessoas com dificuldade de locomoção, um novo sistema de alimentação de energia elétrica e um estacionamento maior.

A importância do aeroporto de Roraima se dá por ser um centro fundamental de acesso àquela considerada uma das unidades federativas mais isoladas do país que abriga importantes reservas indígenas na região da Serra do Sol.

 

 

 

AddThis Social Bookmark Button
 


Portal da Transparência    Acessibilidade Brasil
Infraero - [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária] - Estrada do Aeroporto, Setor de Concessionárias, Lote 5 - Edifício Sede CEP 71608-050 - BRASÍLIA - DF - BRASIL