bt_pesquisa_maior2
VOOS ONLINE
VOOS ONLINE
GUIA DO PASSAGEIRO
GUIA DO PASSAGEIRO
SITUAÇÃO DOS VOOS
SITUAÇÃO DOS VOOS

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
CARGA AÉREA ONLINE
CARGA AÉREA ONLINE
LICITAÇÕES
LICITAÇÕES
CONCURSOS INFRAERO
CONCURSOS INFRAERO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
LINKS
LINKS

TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
PORTAL FINANCEIRO
PORTAL FINANCEIRO
Aeroporto de Belo Horizonte - Carlos Prates

CarlosPrates

 

O Aeroporto de Belo Horizonte - Carlos Prates (MG) está instalado em uma área de 580 mil m² localizado à aproximadamente 7 km do centro da cidade de Belo Horizonte (MG). Atualmente, a pista de pouso possui 928x18 metros e os pátios de estacionamento de aeronaves têm mais de 5 mil m2.

É um aeroporto especialmente dedicado à formação de pilotos, aviação desportiva, instrução, construção de aeronaves, aviação geral de pequeno porte, aviação de asa rotativa (helicópteros).

O aeroporto Carlos Prates é sede de diversas empresas de manutenção de aeronaves e escolas de aviação. Atualmente existem várias empresas instaladas no aeroporto que o utilizam como meio mais rápido de concretizar seus negócios fora do estado. São elas: Aero Bravo Indústria Aeronáutica; Claro Comércio, Representações e Manutenção Aeronáuticas; Minas Helicópteros; Construtora Nogueira Neves; Construtora Brasil Central Araguaia; Starflight Escola de Aviação; Martins Air Escola de Aviação; Chamone Indústria Aeronáutica; Minas Aviação; Net Aviation Escola de Aviação; Aeroclube do Estado de Minas Gerais; Pampulha Abastecimento de Aeronaves e TAB - Assessoria Aeronáutica.

O aeroporto iniciou suas atividades em janeiro de 1944, a fim de atender ao Aeroclube do Estado de Minas Gerais, fundado alguns anos antes, em 6 de novembro de 1936, no aeroporto da Pampulha. A finalidade do Aeroclube sempre foi a de formar quadros para a Aviação Civil e Militar.

Com a inauguração do aeroporto Carlos Prates, a diretoria do aeroclube fez gestões junto ao poder público, para a melhoria das condições do aeroporto da Pampulha, que era uma Base Militar, ou a construção de novo aeroporto junto ao Carlos Prates, para atender a Aviação Civil e Comercial. Cogitou-se a possibilidade de destinar o Carlos Prates à Aviação Civil e da Pampulha à Militar. Essa hipótese foi descartada, considerando o tamanho das pistas e as condições físicas que ambos apresentavam.

A partir do dia 7 de janeiro de 1974, o aeroporto Carlos Prates passou a ser administrado pela Infraero, quando teve as pistas de taxi de aeronaves ampliadas e pavimentadas, e o Terminal de Passageiros reformado.

Com a inauguração do Aeroporto Internacional de Confins/Tancredo Neves, em 1984, pretendeu-se desativar o Carlos Prates transferindo a aviação geral ali existente para o da Pampulha e o Aeroclube para outra cidade próxima de Belo Horizonte.

Na mesma época foi firmado convênio de cessão da área ocupada pelo aeroporto, para a construção de um Centro Esportivo pelo Governo do Estado. Em 1994, esse convênio foi rescindido, pois até aquela data o Estado ainda não havia executado nenhum investimento no local.

Em razão desse convênio, o aeroporto Carlos Prates ficou com o seu desenvolvimento operacional e comercial congelado por dez anos, pois não se permitiu obras nas edificações ali existentes. Somente foram realizados os investimentos mínimos necessários à manutenção da operação do aeroporto, visto que a qualquer momento o Governo do Estado poderia desativá-lo.

Já em agosto de 1995 foi assinado novo convênio entre a Infraero e a Prefeitura de Belo Horizonte, para a cessão de uma área de 100 mil m², one foi construído um Parque Ecológico, inaugurado em setembro de 2000.

 

 

 

 

 

AddThis Social Bookmark Button
 


Portal da Transparência    Acessibilidade Brasil    selo_participe
Infraero - [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária] - Estrada do Aeroporto, Setor de Concessionárias, Lote 5 - Edifício Sede CEP 71608-050 - BRASÍLIA - DF - BRASIL